segunda-feira , 11 de dezembro de 2017
Home / Como Viver Melhor / Dia Mundial do Diabetes: O que você precisa saber?

Dia Mundial do Diabetes: O que você precisa saber?

Nós já sabemos que novembro é mês da conscientização do diabetes, e hoje (14 de novembro) é “Dia Mundial do Diabetes.” Mas, você já se perguntou o significado de todos os elementos envolvidos nessa data? qual é o significado do “círculo azul”? Porque e como este símbolo foi estabelecido? Por que foi escolhido o mês de novembro?

O Dia Mundial da Diabetes foi criado em 1991 pela Federação Internacional de Diabetes e pela Organização Mundial da Saúde em resposta às preocupações crescentes sobre a ameaça à saúde representada pelo diabetes.

Ele se tornou um dia oficial das Nações Unidas em 2006. se transformando na maior campanha de sensibilização do diabetes do mundo, atingindo uma audiência global de mais de 1 bilhão de pessoas em mais de 160 países. A campanha chama a atenção para questões de suma importância para o mundo do diabetes e mantém o diabetes no centro das atenções do público.

Assista esses vídeos que preparei especialmente em celebração à data e entenda de uma vez por todas por que o círculo azul e por que novembro:

Dia Mundial do Diabetes: O Círculo Azul

Dia Mundial do Diabetes: Novembro

O Que Você Precisa Saber

Agora que você conhece as curiosidades sobre o dia mundial do diabetes tenho mais uma informação importante para você!

O que você precisa saber sobre o diabetes: Entender qual o melhor tratamento para o controle do diabetes é fundamental para que você consiga um bom controle glicêmico e assim mais qualidade de vida para toda a família. Se você quer saber mais sobre os detalhes que podem comprometer o tratamento, sugiro a leitura do e-book “Desvendando os Segredos do Diabetes”.

O Conhecimento é a ponte para uma vida plena e saudável de quem tem diabetes.

Clique no botão abaixo e conheça melhor os tipos de tratamento:

QUERO CONHECER MEU TRATAMENTO

 

Veja Também

Como saber se tenho diabetes?

Como saber se tenho diabetes? Essa é uma pergunta bastante comum a quem consegue idenficar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *